Governo ES anuncia incentivos para setor de comércio exterior

Decreto que traz mudanças sobre produtos importados distribuídos pelo Espírito Santo estão entre as medidas que visam à redução de custos à cadeia de comércio exterior.
Um pacote de medidas anunciado durante o aniversário de 24 anos do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado (Sindiex), no Itamaraty Hall, deverá aumentar a competitividade e reduzir custos da cadeia de comércio exterior capixaba. 
 
Dentre as ações anunciadas pelo vice-governador do Estado, César Colnago, estão a assinatura de decreto que traz mudanças sobre produtos importados distribuídos pelo Espírito Santo, assim como projeto de lei prorrogando por um ano o prazo para o uso da caução do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap) para o pagamento do frete marítimo. “O comércio exterior é muito importante para o desenvolvimento econômico e propiciar medidas que incentivem a competitividade e reduzam custos é fundamental para promover um ciclo de crescimento robusto e sustentável”, afirmou o vice-governador na cerimônia realizada na última quarta-feira (11).
 
Durante o evento, o presidente do Sindiex, Marcilio Machado, fez uma análise do momento econômico e político. “O Espírito Santo se destaca no cenário nacional, pois a sua gestão pública conseguiu antecipar o ajuste fiscal e terminar 2015 com um superávit. Portanto, sou otimista, pois este exemplo a ser seguido nos mostra que temos competência para liderar em tempos de crise e acredito na força de nossas instituições. Acredito que seja um grande momento de retomada”, reforçou.
 
""
 
O presidente do Sindiex enfatizou ainda que o momento é de rever o país e olhar para o futuro vislumbrando as oportunidades decorrentes de novas narrativas que devem e precisam surgir. “Posso afirmar, com certeza, que existe um vácuo de liderança no país. No meio da crise política, a pergunta mais proclamada é: quem irá assumir o comando do país? Onde estão os líderes do amanhã? Precisamos renovar os líderes políticos, empresariais, sindicais”, disse.
 
O tradicional evento do Sindiex reuniu mais de 400 pessoas, entre empresários, representantes de entidades, profissionais do segmento de comércio exterior, políticos e autoridades, no Itamaraty Hall. O segmento hoje é responsável por 50% do PIB Estadual e é referência nacional.
 
O setor, que teve o auge das importações logo após a abertura do mercado, em 1993, sofreu um baque com a Resolução 13 do Senado Federal, em 2013, que alterou as alíquotas de ICMS das operações interestaduais de produtos importados. Do ano passado até hoje, além da crise econômica interna, o segmento sofre com a falta de infraestrutura, principalmente portuária.
 
Personalidade do setor – A economista Marcia Murad, com mais de 20 anos de atuação no setor de comércio exterior, foi a primeira mulher a receber o prêmio Personalidade do Comércio Exterior do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado, ao longo dos 24 anos de história da entidade. Gerente executiva do Sindiex, Murad destacou reiterou a a necessidade de união para vencer o cenário atual. “O setor, em perspectiva de economia globalizada, é alternativa única para manter as atividades da produção, segurar a queda de empregos, e assegurar a arrecadação de que o governo precisará para sustentar a disciplina fiscal, e colocar o país em rota de crescimento. Mais do que nunca, torna-se necessário que se restabeleça uma agenda estadual em prol da competitividade do Estado. O momento é de unidade, para enfrentamento das adversidades atuais e das outras tantas que se vislumbram”, destacou.
 
As informações são do portal Revista ES Brasil.

 

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Comente