Pesquisa lista piores e melhores expressões utilizadas em currículos

68% dos recrutadores gastam menos de 2 minutos para ler currículo
Pesquisa do CareerBuilder listou as 15 piores e melhores expressões que os candidatos usam em currículos.
 
Segundo o levantamento, um em cada seis recrutadores (17%) gastam 30 segundos ou menos, em média, na leitura de currículos. A maioria (68%) gasta menos de dois minutos. Com tão pouco tempo para capturar o interesse, a escolha das palavras pode fazer toda a diferença na hora de buscar uma vaga de emprego.
 
Entre as piores expressões, que acabam afastando o recrutador do currículo, estão: raça, lutador, pensar fora da caixa e sinergia. Entre as que mais chamam a atenção estão: alcançou, melhorou, treinou e gerenciou.
 
A pesquisa on-line foi feita nos Estados Unidos, entre 6 de novembro a 2 de dezembro de 2013, e incluiu uma amostra representativa de 2.201 gerentes de contratação e profissionais de recursos humanos em todos os setores e tamanhos de empresas.
 
"Os gerentes de contratação preferem palavras fortes de ação que definem uma epxeriência específica, habilidades e realizações", afirma Rosemary Haefner, vice-presidente de recursos humanos do CareerBuilder.
 
"Termos e clichês subjetivos são vistos como negativos, porque não transmitem informação real. Por exemplo, não diga que os resultados são concretos, mostre ao empregador os resultados reais", completa.
 
 
Veja as 15 piores expressões:
1) Raça (38%)
2) Lutador (27%)
3) Pensar fora da caixa (26%)
4) Sinergia (22%)
5) Pessoa pró-ativa (22%)
6) Liderança de pensamento (16%)
7) Agrega valor (165)
8) Baseado em resultados(16%)
9) Jogador da equipe (15%)
10) Resultado (14%)
11) Trabalhador duro (13%)
12) Pensamento estratégio (12%)
13) Dinâmico (12%)
14) Auto-motivação (12%)
15) Orientada para o detalhe (11%)
16) Proatividade (11%)
17) Histórico (10%)
 
 
Veja as 15 melhores expressões:
1) Alcançou (52%)
2) Melhorou (48%)
3) Treinou ou foi mentor (47%)
4) Gerenciou (44%)
5) Criou (43%)
6) Resolveu (40%)
7) Voluntariou-se (35%)
8) Influenciou (29%)
9) Aumentou ou diminuiu (28%)
10) Ideias (27%)
11) Negociou (25%)
12) Lançou (24%)
13) Receita ou lucros (23%)
14) Dentro do orçamento (16%)
15) Ganhou (13%)
 
Com informações do portal G1
 
ASSCOM – Assessoria de Comunicação da Assedic
comunicacao@assedic.com.br
 
Paulo Dubberstein Main
Assessor de Comunicação
paulo@assedic.com.br
(27)3721.7272 * 99650.1589
 
Assista a Tv Assedic www.assedic.com.br/tv
Ouça à Rádio Assedic www.assedic.com.br/radio

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Comente