Cinema nas praças de cidades capixabas e mineiras

Colatina foi uma das cidades que receberam a exibição de filmes curtas-metragens feitos por moradores de municípios localizados no entorno da Ferrovia Vitória a Minas.

Colatina foi uma das cidades que receberam a exibição de filmes curtas-metragens feitos por moradores de municípios localizados no entorno da Ferrovia Vitória a Minas. Ao todo são quinze vídeos que estão sendo exibidos em telas de cinema montadas em praças e ruas durante sessões abertas e gratuitas. A programação faz parte do Projeto Curta Vitória a Minas desenvolvido pela Fundação Vale e a Vale em parceria com o Instituto Marlin Azul e o Lab. Muy Arte y Cultura Digital.

De Colatina o circuito segue para para Minas Gerais, passando pelos municípios de Aimorés (03/07), Resplendor (04/07), Tumiritinga (05/07), Conselheiro Pena (06/07), Periquito (08/07), Belo Oriente (09/07), Santana do Paraíso (10/07), Antônio Dias (11/07), Nova Era (12/07) e Governador Valadares (13/07).  Também haverá uma sessão em Barra de Cuieté, no município de Conselheiro Pena, no dia 07 de julho.

Ficções e documentários compõem a programação, destacando personagens, acontecimentos, lugares, modos de vida e causos marcantes das cidades. Com roteiro, produção e direção dos moradores, as obras foram gravadas nos municípios com a participação da comunidade em atividades artísticas e técnicas. Para transformar as histórias em filme, os 15 moradores selecionados pelo projeto participaram de uma oficina audiovisual através do qual aprenderam noções básicas de cinema.

O Curta Vitória a Minas tem por objetivo geral possibilitar aos moradores das cidades que se desenvolveram ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas a oportunidade de contar histórias e transformar em filme, registrando a memória, os costumes, os hábitos, as lendas e as peculiaridades destas localidades, contribuindo para o fortalecimento territorial e comunitário.

As 15 obras audiovisuais serão reunidas em uma coletânea a ser distribuída para os autores selecionados, instituições culturais e educativas dos municípios participantes, secretarias municipais e estaduais de educação e cultura do Espírito Santo e Minas Gerais, bibliotecas públicas, pontos de cultura, cineclubes e universidades. Mais informações sobre o projeto através do site www.curtavitoriaaminas.com.br.

 

Compartilhe esta notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email

Comente